Como se preparar para uma corrida de rua?

preparar corrida rua

Nem mesmo uma, aparentemente, simples corrida de rua pode prescindir de uma boa preparação. Isso porque ela enquadra-se na modalidade “Atletismo”, e, portanto, deve sujeitar-se às regras determinadas pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT) e pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF).

Do distante séc. XVIII (quando surgiram para o mundo, por intermédio dos trabalhadores ingleses), até os dias atuais, as corridas de rua não pararam de adquirir adeptos, muito por conta da sua combinação atividade física x ar livre — uma combinação cujos efeitos expandem-se por todas as dimensões de um indivíduo: físicas, mentais e espirituais.

Hoje, são mais de 100 corridas de rua promovidas em quase todos os continentes durante o ano, e praticadas por indivíduos de todas as idades, gêneros e classes sociais.

No entanto, como qualquer tipo de atividade física, a corrida de rua também exige uma preparação específica. E, nesse caso, ela deve ser elaborada de acordo com os seguintes critérios:

A preparação básica para uma corrida de rua

Dê preferência aos treinos na rua

Uma técnica, aparentemente óbvia, mas que ainda é recomendada pelos grandes especialistas nessa modalidade, é realizar os treinos em um ambiente externo (de preferência que simule o relevo, clima e demais condições geográficas do local onde se dará a corrida).

Dessa forma, o praticante não será surpreendido por possíveis condições adversas, sem contar que irá para a prova já com o ritmo de um corredor de rua.

Utilize o tempo como base e não a distância

Esse é um erro muito comum cometido por iniciantes durante as primeiras semanas de preparação para uma corrida de rua. Eles acreditam que devem, por exemplo, dedicar todo o seu esforço durante os treinos para atingir distâncias cada vez maiores.

Mas isso é um erro, de acordo com a maioria dos professores de educação física. O ideal, segundo eles, é trabalhar em função do tempo, que deverá ser cada vez menor para a mesma intensidade de treinamentos. Somente dessa forma é possível encontrar o ritmo ideal durante a prova.

Desenvolva uma planilha de treinamentos

Utilizar uma planilha de treinamentos ajuda a personalizá-los e garantir o máximo de aproveitamento dos dias que antecedem a corrida.

Elas, por exemplo, contêm treinos específicos para iniciantes que irão aventurar-se pela primeira vez nos desafiadores circuitos de rua.

Esse tipo de treino não dura mais que 30 dias, sempre entre 2 ou 3 vezes por semana, até que se sinta apto a saltar para a fase de “corredor praticante”.

Estes, por sua vez, são aqueles que já possuem experiências anteriores em corridas de rua. Eles já realizaram trajetos de 5km, e agora pretendem testar, ainda mais, as suas capacidades.

Também, nesses casos, os treinos duram em torno de 30 dias, entre 2 e 3 vezes por semana, porém com uma duração maior para as corridas e caminhadas.

Escolha um bom calçado

Entre os inúmeros detalhes que compõem a melhor preparação para uma corrida de rua, está o uso do calçado adequado para provas que podem estender-se por 5km, 10km ou até por 1 dia inteiro.

Logo, o calçado ideal deve ser leve, confortável, baixo e capaz de absorver um impacto que pode ser de até 3 vezes o peso do seu próprio corpo.

Proteja a sua pele

Pelas suas características, uma corrida de rua pode ser disputada nas condições mais adversas, desde temperaturas elevadíssimas, até ambientes abaixo de 0°C.

Portanto, a proteção para a pele pode, sim, ser considerada uma das etapas da preparação de um indivíduo para uma corrida de rua.

Aqui o recomendado é o uso de protetor solar com FPS de no mínimo 15, ou de acordo com as características de cada um.

Em treinos e corridas com temperatura ambiente, dê preferência para os shorts, calças leggins, saia, regata, tops, óculos escuros, bonés, viseiras, monitor cardíaco, entre outros acessórios.

Hidrate-se!

Por fim, a hidratação! Esta deve ser uma companheira inseparável, tanto nos treinos como na corrida em si.

Meio litro de água, 2 horas antes da corrida e dos treinos, é o recomendado. No mais, é repor durante a prova (ou assim que houver sede), entre 150ml e 350ml a cada 20 minutos.

Especialistas garantem que a preparação para uma corrida de rua é responsável por pelo menos metade do êxito durante a prova. Mas, e para você, como fica essa porcentagem? Deixe a resposta por meio de um comentário, logo abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *