A riqueza dos bairros do Rio de Janeiro

Já é conhecido no mundo inteiro que os bairros do Rio de Janeiro possuem riquezas singulares que são manifestadas a qualquer dia e em qualquer horário tanto na deliciosa culinária e pratos da gastronomia local misturados com outras culturas.

E mais, na vida cultural, histórica, geográfica e do modo único de ser do carioca. Tudo isso faz de cada bairro um interessante lugar para ver e vivenciar coisas interessantes e peculiares.

A riqueza dos bairros do Rio de Janeiro é, dessa forma, observada nas lembranças de um passado glorioso em que se ver construções imponentes e um casario histórico que guarda relíquias e tesouros de várias gerações.

Muitos desses bairros certamente merecem uma visita quer das próprias pessoas que moram no Rio, quer de outras que moram nos demais estados brasileiros e países.

Um forma de visitar esses locais é através de uma busca por apartamentos no Rio de janeiro, onde os detalhes do bairro serão melhor explorado durante a vista.

Os bairros de maior visitação

Certamente quando penso em criar uma lista onde conste os bairros de maior visitação devido as suas características tão peculiares e importantes, devo citar necessariamente os seguintes bairros:

Lapa

É uma das áreas mais antigas do Rio de Janeiro que guarda muita história, principalmente quando olhamos para o seu arqueduto e deixamos nossa imaginação fluir. A noite no local é animadíssima.

Centro histórico

Foi aqui onde surgiu a cidade, então só por isso já é possível imaginar tamanha riqueza história e cultural existente nesse espaço.

Centro

Este é onde está cravada todas as principais movimentações comerciais e financeiras. O local é bastante movimentado e dispõe de muitos atrativos turísticos.

Copacabana

Existe bairro é o queridinho de muita gente. É aqui onde fica a famosa Praia de Copacabana, além de muitas outras atrações imperdíveis.

Ipanema

Juntamente com Copacabana, o bairro de Ipanema é conhecidíssimo no Brasil e no mundo inteiro. Suas praias e suas atrações locais dizem tudo por si só.

Para estes a visitação pode ser de dia, mas o recomendado, certamente, é uma visita durante a noite. E embora tenha citado apenas estes, outros também poderão fazer parte da lista quando imagino as suas belezas históricas, culturais, naturais e geográficas.

Sim, muitos outros poderão ser citados, principalmente quando eu considero que cada pessoa possui um olhar e, dessa forma, irá encontrar reminiscências e riquezas despercebidas por outros na arquitetura, nos costumes e na história local.

O antigo x o novo

Quando me refiro a uma relação entre o antigo e o novo, estou necessariamente falando dos bairros antigos e novos existentes no Rio de Janeiro. Em conjunto chegam a quase 170 bairros, dos quais alguns são famosos mundialmente.

Nesse quesito posso citar sem pestanejar o bairro de Copacabana, como também o de Ipanema. Por outro lado, de igual potencial, lembro um bairro novo ocupado recentemente nessa longa história do Rio de Janeiro, me refiro a Barra da Tijuca.

Nesta história devo recordar do desmembramento do Bangu, que ocorreu há poucos anos atrás, mas precisamente em 2004. Disso resultou em novos bairros.

Para o carioca propriamente dito, não se fala muito em bairros antigos e novos, ele ver a cidade dividida em zonas, como a Sul, a Norte e a Oeste, além da área Central.

Independente da nomenclatura utilizada, em cada bairro existe uma riqueza singular. E dependendo de cada olhar, será possível perceber tesouros de grande valor histórico, geográfico e cultural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *