Estratégias de ensino-aprendizagem

Uma estratégia é um modo de agir planejado e intencional que combina uma série de passos em direção ao objetivo desejado, neste caso o aluno aprende. Um bom estrategista sabe combinar técnicas, adaptá-las ao seu contexto, reinventá-las e alterá-las quando elas não dão o resultado esperado.

Para onde as estratégias apontam?

As estratégias de ensino apontam para os meios que o professor utiliza para que o aluno incorpore os conteúdos (conceituais, procedimentais e atitudinais) em sua estrutura cognitiva de forma significativa, por meio de atividades planejadas e sequenciadas. As estratégias de aprendizagem voltam seu olhar para o aluno e explicam uma série de meios que podem ser usados ​​para aprender sozinhos, mais e melhor, sempre falando sobre estratégias de aprendizagem significativas.

estratégia-de-ensino

Dentro das estratégias de ensino, há a estratégia expositiva, onde o papel ativo tem o professor que explica. A importância da explicação não pode ser ignorada, mas especialmente nos primeiros anos de ensino, deve ser breve, deve ser exemplificada, ilustrada e demonstrada. É uma atividade válida para estimular a escuta ativa, mas não deve ser abusada, pois tende a reduzir a participação do aluno.

O diálogo é uma variante, onde a conversa com os alunos traz o conhecimento que eles têm, para descobrir que, guiados pelo professor, podem descobrir o conhecimento que pretendem ensinar, à maneira do diálogo socrático. É muito útil descobrir as idéias prévias dos estudantes, e ancorar neles os novos, e reforçar o conhecimento adquirido.
Outra técnica de ensino é baseada na abordagem de problemas, que estimula a aprendizagem pela descoberta.

O professor deve sempre assegurar que as atividades estimulem a criatividade por parte do aluno, envolva-o no conhecimento para adquirir, por exemplo, não apenas questões sobre um texto, mas o mesmo aluno que as formula. O espírito crítico pode ser encorajado, dando um texto com erros para o aluno descobrir. As opções de verdadeiro-falso, com justificativa da falsidade das respostas, estimulam o argumento. Em suma, toda atividade deve ser direcionada para um objetivo específico, que é a formação de competências.

As estratégias de aprendizagem não são independentes das de ensino, porque são ensinadas pelo professor, mas podem ser utilizadas pelo aluno, de forma autônoma, aprendendo a aprender. São as técnicas de sublinhado, resumo, síntese, mapas conceituais, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *